Fale conosco pelo WhatsApp

Veja qual é o tempo de recuperação da cirurgia de escoliose

imagem ilustrativa de uma escoliose

Corrigir a curvatura da região da coluna requer cuidados e atenção no pós-operatório

A escoliose é uma deformidade da coluna vertebral em que o paciente apresenta curvatura que geralmente progride durante a infância e adolescência. Estima-se que cerca de 2% das crianças em idade escolar apresentem esta alteração.

A intervenção cirúrgica é uma das opções de tratamento corretivo para o problema, sendo indicado para casos bastante específicos. Este tipo de intervenção demanda que o paciente respeite um tempo de recuperação da cirurgia de escoliose, que pode ser bastante delicado.

Essa curvatura — que pode afetar a região lombar, torácica ou cervical — é capaz de gerar disfunções respiratórias, síndromes de dor e afetar a estética da postura corporal do paciente, o que prejudica a qualidade de vida do indivíduo.

Esse tipo de intervenção cirúrgica existe para prevenir os sintomas da escoliose, além de melhorar a questão estética do paciente, já que a coluna apresenta uma curvatura. O acompanhamento médico é indispensável antes, durante e após a cirurgia, mas o paciente precisa se atentar a alguns detalhes para que o tempo de recuperação da cirurgia de escoliose seja o mais breve possível.

Cirurgia de escoliose: como é feita?

O tipo de cirurgia mais comum para corrigir casos de escoliose é a artrodese, uma intervenção que consiste na fusão da parte coluna que apresenta deformidade. O método é utilizado nas partes mais rígidas e curvadas da coluna, o que faz toda a diferença para que o tempo de recuperação da cirurgia de escoliose seja menor.

Durante esse procedimento, é utilizado um enxerto ósseo nas lacunas entre as vértebras, que fica consolidado de maneira similar a um osso quebrado. Enquanto o enxerto se consolida no corpo humano, a coluna fica alinhada com auxílio de hastes de metal presas em parafusos, ganchos e arames.

Quanto tempo dura uma cirurgia de escoliose?

O tempo de duração da cirurgia de escoliose depende do grau de curvatura e do número de vértebras que serão corrigidas no procedimento. É comum que a maior parte das cirurgias tenha uma duração de 6 horas, mas esse tempo pode variar entre 3 e 12 horas.

Riscos da cirurgia de escoliose

Assim como qualquer outra cirurgia, existem riscos associados ao procedimento cirúrgico para escoliose. Os principais estão relacionados à infecção e possibilidade de piora neurológica, mas eles são muito baixos. A cirurgia é bastante segura.

Além disso, contar com um cirurgião experiente para o procedimento faz toda a diferença, inclusive para que o tempo de recuperação da cirurgia de escoliose seja menor.

Cuidados após uma cirurgia de escoliose

Por se tratar de uma cirurgia delicada na coluna, é importante que o paciente tome alguns cuidados para evitar que problemas surjam no pós-operatório.

Um dos principais cuidados é evitar levantar pesos, dirigir e realizar movimentos intensos e bruscos. O médico responsável pela cirurgia também deve orientar um processo de fisioterapia para o pós-operatório. A atividade, acompanhada de um profissional especializado, é fundamental para que a recuperação seja mais breve e eficaz.

Esses cuidados ajudam a reduzir o tempo de recuperação da cirurgia de escoliose, facilitam a cicatrização, deixam os parafusos que estão na coluna em seu devido lugar e garantem um período pós-operatório mais tranquilo.

Tempo de recuperação da cirurgia de escoliose

O tempo de recuperação da cirurgia de escoliose é demorado e deve ser seguido à risca conforme orientação do médico. Isso porque o processo pode ser doloroso, mas fundamental para um bom resultado de cicatrização.

Em geral, o período de internação após a cirurgia é de cinco dias. É comum que, entre 3 e 4 semanas após a cirurgia de escoliose, o paciente já comece a se sentir melhor. Entre as principais recomendações relacionadas ao tempo de recuperação da cirurgia de escoliose, é possível destacar:

  • Caminhar no terceiro dia após a cirurgia;
  • Os exercícios físicos serão liberados de maneira progressiva durante os três primeiros meses após a cirurgia;
  • Em geral, exercícios de maior intensidade só podem ser realizados após um ano de cirurgia.

O mais importante do tempo de recuperação da cirurgia de escoliose é contar com o apoio dos profissionais envolvidos no procedimento cirúrgico e seguir suas orientações.

Agende sua consulta e conheça mais sobre os procedimentos realizados com o Dr. Carlos Barsotti.

Fonte

Sociedade Brasileira de Reumatologia

Dr. Carlos Barsotti